5 grandes riscos que afetam dispositivos de rede vulneráveis

5 grandes riscos que afetam dispositivos de rede vulneráveis

Publicado em 7 de maio de 2020

Trabalhar em casa tornou-se uma nova rotina, com muito dos nossos trabalhos sendo realizados remotamente. A experiência de trabalhar remotamente pode ser igual a que era no nosso local de trabalho, com todos os avanços tecnológicos disponíveis hoje. As empresas acabam colocando a segurança da rede na vanguarda, implementando o uso de redes virtuais privadas (VPNs). Isso permite que os usuários acessem com segurança informações confidenciais hospedadas nos servidores das organizações. Mas mesmo com o uso de VPNs, bem como regras de firewall habilmente configuradas para tornar a segurança da rede , ainda há o risco de ataques de usuários remotos maliciosos.

Os dispositivos de rede que são executados em firmware são os canais mais comuns para ataques cibernéticos. Houve vários casos relatados recentemente em que firewalls rodando em firmware vulnerável foram explorados por invasores para roubo de dados e identidade. Mais assustador é que os atacantes podem realizar ainda mais quando exploram as vulnerabilidades de firmware em sua rede.

 Aqui estão cinco riscos comuns envolvendo dispositivos vulneráveis em sua rede:

1. Não se manter atualizado com as avaliações de vulnerabilidade

Embora as vulnerabilidades que surgem de dispositivos de rede que não estão configurados corretamente possam causar estragos, as vulnerabilidades do firmware representam uma ameaça maior. Digamos que um grande fornecedor de dispositivos de firewall tenha relatado uma vulnerabilidade de firmware. O fornecedor precisa de tempo para liberar upgrades ou patches, mas, enquanto isso, os atacantes que acompanham as notícias da vulnerabilidade podem tentar invadir sua rede.

A pior parte é que códigos de exploração para vulnerabilidades também são disponibilizados na internet. Alguns deles são disponibilizados gratuitamente e alguns por milhares de dólares por maus atores. Independentemente do custo, a ameaça que eles representam para as empresas é enorme. O número de ataques potenciais cresce exponencialmente. Se você não estiver monitorando proativamente fóruns que anunciam as vulnerabilidades do seu fornecedor de firewall, os ataques à sua rede podem causar danos antes mesmo de você estar ciente de uma ameaça.

2. Roubo de dados

A maioria dos hacks de firmware resulta em roubo de dados. Uma vez que os atacantes penetram no firewall, a linha externa de defesa da rede, é apenas uma questão de tempo até que eles comecem a acessar seus servidores. Os dados confidenciais da sua empresa estarão em alto risco.

Roubo de dados pode levar a vários outros crimes também. Por exemplo, um roubo de dados de rede de saúde pode levar a crimes como roubo de identidade e fraudes em seguros.

3. Ransomware

Outra ameaça decorrente de firmware vulnerável são usuários desonestos que lançam ataques de ransomware em seus dispositivos. Em vez de roubar seus dados, os atacantes os criptografam e os tornam inacessíveis a todos. As empresas são forçadas a pagar um resgate aos hackers para disponibilizar seus dados novamente.

Se o ransomware for injetado em seus servidores de e-mail ou outros sistemas confidenciais que contenham informações confidenciais, isso pode significar um grande problema. Imagine um ataque como este infligido às instituições financeiras. Pode deixar milhares de pessoas incapazes de fazer transações monetárias, e pode impactar a economia se realizada em grande escala.

4. Sequestro de dispositivos IoT

Com a adoção ampliada dos dispositivos de Internet das Coisas (IoT) para uso pessoal e comercial, os riscos de ataques também aumentam. Os hackers podem assumir seus dispositivos e suas funções, explorando-os de muitas maneiras nefastas.

Seus dispositivos de IoT pessoais podem vir a ser bugs que você inocentemente plantou em sua própria casa. Os atacantes podem usá-los para espionar suas conversas, e as informações obtidas podem ser usadas para coagir você a pagar um resgate. As indústrias também têm usado a IoT para automatizar processos de produção e obter insights mais rápidos. Mas se esses dispositivos forem sequestrados, isso pode levar a um roubo de dados, ou reputação e boa vontade para sua marca e organização.

5. Paralisações de rede

Os invasores, depois de explorar vulnerabilidades de firmware em seus dispositivos de rede, podem começar a controlar como os dispositivos se comportam. Eles também podem derrubar suas comunicações de rede reiniciando repetidamente dispositivos.

Paralisações de rede causam problemas dentro das organizações, como interromper a continuidade dos negócios. Para empresas online, isso pode significar perda de receita e reputação. Mas eles podem impedir que isso aconteça utilizando uma solução que executa continuamente varreduras de vulnerabilidade em seus dispositivos de rede e mantém seus dispositivos atualizados com o firmware mais recente.

Gerenciador de configuração de rede  é a solução de gerenciamento de conformidade da ManageEngine, e pode ajudá-lo a identificar facilmente dispositivos em execução em versões vulneráveis de firmware. Ele também fornece informações sobre o quão severamente a vulnerabilidade pode afetar sua rede. A sincronização automática com o banco de dados do Instituto Nacional de Padrões e Tecnologia dos Estados Unidos (NIST) garante que as avaliações de vulnerabilidade da sua rede incorporem as informações mais recentes disponíveis.

 Baixe sua avaliação gratuita de 30 dias e comece a gerenciar o firmware do seu dispositivo de rede de forma eficiente.

Além do gerenciamento de configuração, o ITOM também possui soluções para simplificar o monitoramento de rede, monitoramento de servidores, monitoramento de aplicativos, monitoramento de largura de banda, segurança e conformidade de firewall, gerenciamento de endereços IP e gerenciamento de porta de switch. Na verdade, isso faz das soluções ITOM uma escolha ideal para mais de 1 milhão de admins de TI, em todo o mundo.


Escreva um comentário

* Seu comentário aparecerá após a aprovação do moderador.

Fale com a Centric

Nosso canal com os profissionais de TI

Centric Academy