Assim como VAR mudou a Copa do Mundo, que tecnologia está virando o jogo para sua empresa?

Assim como VAR mudou a Copa do Mundo, que tecnologia está virando o jogo para sua empresa?

Publicado em 15 de agosto de 2018

Com a tecnologia crescendo em todos os sentidos, o futebol não poderia ficar de fora. Como exemplo desse movimento, vimos na última Copa do Mundo FIFA o uso oficial dos árbitros assistentes de vídeo, o VAR. Este sistema possibilitou à arbitragem do evento de futebol mais importante do mundo, tomar decisões acertadas sobre questões polêmicas e interpretativas como penalidades, cartões amarelos, cartões vermelhos, impedimentos e outros lances capitais.

Com a entrada do VAR em campo, as decisões antes restritas ao árbitro principal não são mais definitivas e com isso os erros reduzidos a praticamente zero. Com ângulos variados e câmeras de alta definição, nenhuma ação passa despercebida, o que garante decisões mais assertivas do time de arbitragem.

Assim como os erros na Copa do Mundo FIFA foram reduzidos, o que fazer para minimizar os riscos em segurança da TI?

À medida que a tecnologia hacker evolui, os cibercriminosos podem se infiltrar em sua rede, coletar dados confidenciais e escapar sem deixar rastros. Um exemplo disso são os Verificadores de Invasão Rapid7, que realizam testes em tempo real para demonstrar como é fácil entrar na rede de um negócio. Este sistema descobriu é preciso de muito pouco para uma invasão completa, basta o acesso à rede, um dispositivo sem fio e algum tempo de conexão.

COMO TER O VAR NA SEGURANÇA DA SUA EMPRESA?
Como você se defende dos ataques cibernéticos? Assim como a FIFA, você deve configurar alguns controles primários. Por exemplo, os controles que o Internet Security Center (CIS) definiu podem ser usados ​​como parâmetros de medição.
Somente depois de definir quais controles serão levados em conta para a manutenção da segurança, você deve decidir como será a implementação. Uma sugestão é o gerenciamento de endpoints do ManageEngine Desktop Central que suporta uma infinidade de controles críticos de segurança estabelecidos pelo Internet Security Center.

SABIA QUE O DESKTOP CENTRAL PODE ENTRAR EM CAMPO COMO O VAR DA SUA EMPRESA?
Uma solução única de gestão para endpoints, o Desktop Central entra em campo para dar suporte a todas as rotinas de segurança de TI, do gerenciamento de patches, implantação de software, controle remoto, gerenciamento de ativos de TI, criação de imagem e implantação de sistemas operacionais e administração de dispositivos até monitoramento e relatórios.
Além disso, o Desktop Central também possui recursos de servidor que mantêm a infraestrutura da sua empresa sempre disponível.
Para manter a maioria das ameaças à segurança da sua empresa sob controle, escale o Desktop Central. Contra WannaCry, NotPetya ou Meltdown / Spectre, o Desktop Central dá o apoio preciso aos patches necessários ou ainda encontra uma solução que resolva o problema temporariamente até que o fabricante original publique os patches de correção.

SEGURANÇA MÓVEL FORA DA CAIXA.
Além de gerenciar endpoints, o Desktop Central também fornece recursos de gestão de dispositivos móveis que cobrem um grande número de devices Android e iOS. Os dispositivos de posse da empresa e o BYOD podem ser armazenados em backup com práticas recomendadas para dispositivos móveis. Com o Desktop Central, você pode elevar o Gerenciamento de Mobilidade a um nível de absoluta confiança.
Se a FIFA virou o jogo ao instituir o VAR na última Copa do Mundo, agora é a sua vez. Entre no campo da proteção dos dados segurança de TI com vantagens para sua empresa: Desktop Central. Escale o time da Centric e ManageEngine.


Escreva um comentário

* Seu comentário aparecerá após a aprovação do moderador.

Fale com a Centric

Nosso canal com os profissionais de TI

Centric Academy