Network Performance: mapeamento e análise

Network Performance: mapeamento e análise

Publicado em 21 de setembro de 2021

O rendimento de uma rede de computadores tem uma grande influência no dia a dia de uma empresa. Afinal, o fluxo de dados tem se tornado crescente nas organizações.

Por isso, é muito importante contar com uma estrutura que proporcione segurança e velocidade nas comunicações. Essa conjuntura favorece o uso de ferramentas, como a Network Performance.

Um dos motivos é que proporciona aos usuários a capacidade de monitorar como está o tráfego de dados, fator primordial para avaliar se os recursos de Tecnologia da Informação (TI) estão de acordo com as necessidades da instituição.

Um bom investimento em soluções tecnológicas é relevante para elevar a competitividade e o foco na experiência do público-alvo ao interagir com a marca.

Neste artigo, vamos destacar como é válido fazer o mapeamento e a análise das informações em uma rede de computadores e citar o exemplo de uma ferramenta ideal para executar essas tarefas.

Confira!

A importância do mapeamento de redes

Proteger os dados corporativos e dos clientes com eficiência é o mínimo que se espera atualmente. E isso se tornou ainda mais claro com a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), que prevê multas que, em casos de vazamento de informações, podem chegar a R$ 50 milhões ou a 2% do faturamento bruto.

Esse cenário mostra como não ter o devido cuidado com os dados pode causar prejuízos financeiros e de imagem. Para evitar essa situação, um bom caminho é adotar procedimentos voltados para monitorar as redes com estratégia e inteligência.

À medida que uma empresa tem recursos com foco em identificar rapidamente as ameaças virtuais, menores serão as possibilidades de os hackers terem êxito ao tentar um ataque cibernético.

Esse aspecto ratifica a necessidade de investir em soluções que permitam analisar o tráfego de dados, como a Network Performance.

Reconhecendo vulnerabilidades

A partir do momento em que uma companhia adota boas práticas para mapear a rede, maiores são as probabilidades de reconhecer as vulnerabilidades de forma ágil.

Isso, sem dúvida, contribui decisivamente para enfrentar os ataques virtuais e mitigá-los em curto prazo. Assim, é viável manter o ambiente com alto nível de proteção, o que é imprescindível para os serviços digitais estarem disponíveis de acordo com a demanda.

Vale ressaltar que reconhecer as vulnerabilidades de uma rede de computadores é uma tarefa cada vez mais complexa. Uma das razões abrange o fato de os hackers estarem adotando meios cada vez mais sofisticados para superar os mecanismos de segurança empregados pelas organizações.

Em virtude disso, é indicado apostar em uma solução robusta e extremamente moderna para executar o mapeamento de rede, como a Network Performance.

Dessa maneira, uma empresa estará mais preparada para identificar as vulnerabilidades e combatê-las seguindo as melhores práticas do mercado.

Política de NAC

O protocolo NAC (Network Access Control) tem como atribuição facilitar a identificação de usuários em uma rede. Esse processo é valioso para administrar as permissões concedidas aos que estão cadastrados em uma rede de computadores.

Ao fazer esse controle de forma correta, uma companhia terá um maior grau de proteção de dados, porque vai minimizar os riscos de pessoas não autorizadas acessarem os dados.

Por outro lado, essa prática precisa estar acompanhada de um monitoramento de rede que colabore na verificação do uso dos recursos tecnológicos de forma precisa.

Assim, uma organização pode identificar e coibir rapidamente as tentativas de acessos indevidos a uma rede. Essa iniciativa também deve vir acompanhada de uma política de segurança que ajude a estabelecer as permissões concedidas aos usuários.  

BYOD

A transformação digital e a pandemia do novo Coronavírus (Covid-19) são fatores que contribuíram para o fortalecimento do conceito de BYOD (Bring Your Own Device) que traduzindo para o português significa “Traga o seu próprio dispositivo”.

O uso de equipamentos pessoais colabora para aumentar a mobilidade dos funcionários, mas exige também um cuidado especial com a proteção dos dados.

Isso ocorre porque os cibercriminosos estão cada vez mais explorando as brechas de segurança relacionadas com a expansão do trabalho remoto.

Para minimizar os riscos de os hackers aproveitarem eventuais vulnerabilidades dispositivos pessoais dos colaboradores é muito relevante adotar mecanismos que tornem o monitoramento da rede mais prático e eficiente.

Uma maneira de tornar essa prática uma realidade em uma empresa é utilizar uma solução que ajude a identificar tentativas de invasão ao ambiente de TI corporativo, como a Network Performance.

Atualmente, aliar mobilidade com segurança é fundamental para uma companhia conseguir estar mais conectada com as necessidades dos consumidores.

Internet das coisas (IoT)

Não reconhecer o potencial da Internet das Coisas (IoT) é um erro gravíssimo principalmente no setor industrial. Um dos motivos é que a automatização de diversas tarefas somente é viável por meio dessa tecnologia que viabiliza máquinas a executar várias ações de maneira autônoma.

Embora contribua para uma empresa ter altos níveis de produtividade, a IoT requer um grande cuidado com a segurança da informação.

Se não forem implantados mecanismos para proteger os dados corretamente, os riscos de a produção ser interrompida por ataques virtuais é muito alto.

Para evitar esse problema e manter a produção em um ótimo patamar, um excelente caminho é optar por um monitoramento de rede de ponta.

E isso é possível com o uso de ferramentas atualizadas, como a Network Performance. Não adianta contar com equipamentos avançados, caso a proteção aos dados corporativos não seja realizada de maneira exemplar.

Como mapear redes que não estão no seu controle?

A TI híbrida é uma tendência cada vez mais sólida. Gerenciar os dados hospedados em um datacenter próprio e na nuvem é uma necessidade evidente e que precisa ser feita com planejamento e eficiência.

Para ter mais condições de mapear redes de provedores de serviços, é imprescindível contar com soluções de monitoramento capazes de visualizar o cenário dos fluxos de dados ligados a uma organização de maneira ampla.

Também é importante contar com uma plataforma que ajude a identificar o consumo de dados na nuvem em tempo real. Tudo isso viabiliza não apenas um olhar atento sobre o rendimento da infraestrutura de TI, mas também ajuda na adoção de medidas voltadas para deixar o ambiente mais protegido contra ataques virtuais.

Saiba mais sobre Network Performance

Para um monitoramento efetivo de redes de computadores relacionadas com o seu negócio, a recomendação é investir em uma solução que proporcione mais segurança e retorno em curto prazo.

Por isso, uma alternativa interessante é a Network Performance que colabora no gerenciamento da infraestrutura de Data Center, na coordenação do tráfego de rede e no monitoramento dos servidores e aplicações.

Essa plataforma está sendo disponibilizada pela Centric e se caracteriza por contribuir no controle de todos os devices relacionados com uma companhia. Isso é primordial para elevar o nível de segurança e identificar as vulnerabilidades rapidamente.

Se está em busca de mais segurança e eficiência para o seu ambiente de TI, entre em contato conosco agora mesmo. Estamos à disposição para te ajudar a vencer novos desafios!

Tags da Publicação


Escreva um comentário

* Seu comentário aparecerá após a aprovação do moderador.

Fale com a Centric

Nosso canal com os profissionais de TI

Centric Academy