“Ok Google, o que o Android tem reservado para empresas? ”

“Ok Google, o que o Android tem reservado para empresas? ”

Publicado em 1 de outubro de 2018

Com o Android Enterprise, o Google tem caminhado a passos largos rumo ao espaço de gerenciamento corporativo. No início deste ano, o mundo da TI se perguntava qual seria a cereja do bolo entre os mais novos lançamento para Android. O escolhido foi o Pie, provavelmente a novidade mais doce para o gerenciamento empresarial.
Além de dar suporte a políticas muito esperadas, o Google também criou um conjunto de melhorias significativas em políticas existentes.
Conheça agora uma parte dos recursos mais importantes da Android Pie:

Suporte para Access Point Name (APN).

As empresas têm se movimentado no sentido das configurações corporativas móveis e políticas exclusivas para dispositivos móveis, como a APN, estão ganhando cada vez mais relevância. O suporte à APN é especialmente importante para organizações governamentais, bem como para grandes empresas que possuem uma rede privada dedicada. Com o Android Pie, é possível configurar remotamente a política de APN de um dispositivo.

Novas restrições

Com uma importante restrição de segurança, o Android Pie permite que os gestores definam uma senha separada para tipos de dispositivos, o que protege ainda mais o espaço de trabalho corporativo. Além disso, o Google também deu um passo a frente permitindo que os administradores aplicassem códigos de acesso diferentes para um dispositivo.
Dentro do Android, o modo Kiosk foi consideravelmente renovado para oferecer controle granular sobre o dispositivo. Entre uma série de novas restrições introduzidas no Android Pie, as mensagens de erro podem ser bloqueadas quando o dispositivo está no modo Kiosk. As configurações básicas do dispositivo também podem ser restritas, incluindo o uso da barra de notificação, botão de início, botão liga e desliga, além do gerenciador de tarefas.
Outras restrições gerais introduzidas no Android Pie incluem pré-configurar o fuso horário e horário padrão do dispositivo, definir o brilho, ativar / restringir o uso do modo de avião e também permitir / desativar a opção de tempo limite da tela.

Segmentação de aplicativos de trabalho.

Na hora de fazer o provisionamento de dispositivos com um proprietário de perfil ou perfil de trabalho gerenciado, os aplicativos corporativos e pessoais são listados no mesmo lugar se usados ​​pessoalmente e na empresa. Mesmo quando a versão corporativa é diferenciada com uma pasta, os usuários ficarão confusos quando encontrarem duas versões do mesmo aplicativo. Com o Android Pie, os aplicativos de trabalho são separados em uma seção apartada no iniciador, que pode ser acessada facilmente com um único toque.

Desligar o perfil de trabalho ficou mais fácil.

Com cada vez mais dispositivos pessoais do Android migrando para empresas, uma das opções para o gerenciamento de BYOD, Bring Your Own Device, é provisionar dispositivos como proprietário de perfil ou perfil de trabalho gerenciado. Com o Android Pie, os funcionários têm agora a opção de desativar um perfil de trabalho simplesmente alternando uma chave. Esse recurso normalmente é muito reconhecido pelos colaboradores, pois leva o equilíbrio entre trabalho e vida pessoal em consideração. Quando o perfil de trabalho está sempre no dispositivo, os funcionários tendem a nunca se desconectar dos atividades.

Outras melhorias significativas.

Além de dividir os aplicativos de trabalho em seções separadas, os funcionários agora podem alternar facilmente entre as contas pessoais e de trabalho de cada aplicativo, facilitando a alternância entre vida profissional e vida pessoal.
Os aplicativos de trabalho agora serão denotados por uma pasta azul em vez de uma vermelha, em sintonia com os atuais padrões de design do Android.
Quer saber mais sobre soluções que ajudam a administrar os dispositivos que orbitam a sua rede?
Fale com um especialista Centric.
Com o Android Enterprise, o Google tem caminhado a passos largos rumo ao espaço de gerenciamento corporativo. No início deste ano, o mundo da TI se perguntava qual seria a cereja do bolo entre os mais novos lançamento para Android. O escolhido foi o Pie, provavelmente a novidade mais doce para o gerenciamento empresarial.
Além de dar suporte a políticas muito esperadas, o Google também criou um conjunto de melhorias significativas em políticas existentes.

Conheça agora uma parte dos recursos mais importantes da Android Pie:

Suporte para Access Point Name (APN).

As empresas têm se movimentado no sentido das configurações corporativas móveis e políticas exclusivas para dispositivos móveis, como a APN, estão ganhando cada vez mais relevância. O suporte à APN é especialmente importante para organizações governamentais, bem como para grandes empresas que possuem uma rede privada dedicada. Com o Android Pie, é possível configurar remotamente a política de APN de um dispositivo.

Novas restrições

Com uma importante restrição de segurança, o Android Pie permite que os gestores definam uma senha separada para tipos de dispositivos, o que protege ainda mais o espaço de trabalho corporativo. Além disso, o Google também deu um passo a frente permitindo que os administradores aplicassem códigos de acesso diferentes para um dispositivo.
Dentro do Android, o modo Kiosk foi consideravelmente renovado para oferecer controle granular sobre o dispositivo. Entre uma série de novas restrições introduzidas no Android Pie, as mensagens de erro podem ser bloqueadas quando o dispositivo está no modo Kiosk. As configurações básicas do dispositivo também podem ser restritas, incluindo o uso da barra de notificação, botão de início, botão liga e desliga, além do gerenciador de tarefas.
Outras restrições gerais introduzidas no Android Pie incluem pré-configurar o fuso horário e horário padrão do dispositivo, definir o brilho, ativar / restringir o uso do modo de avião e também permitir / desativar a opção de tempo limite da tela.

Segmentação de aplicativos de trabalho.

Na hora de fazer o provisionamento de dispositivos com um proprietário de perfil ou perfil de trabalho gerenciado, os aplicativos corporativos e pessoais são listados no mesmo lugar se usados ​​pessoalmente e na empresa. Mesmo quando a versão corporativa é diferenciada com uma pasta, os usuários ficarão confusos quando encontrarem duas versões do mesmo aplicativo. Com o Android Pie, os aplicativos de trabalho são separados em uma seção apartada no iniciador, que pode ser acessada facilmente com um único toque.

Desligar o perfil de trabalho ficou mais fácil.

Com cada vez mais dispositivos pessoais do Android migrando para empresas, uma das opções para o gerenciamento de BYOD, Bring Your Own Device, é provisionar dispositivos como proprietário de perfil ou perfil de trabalho gerenciado. Com o Android Pie, os funcionários têm agora a opção de desativar um perfil de trabalho simplesmente alternando uma chave. Esse recurso normalmente é muito reconhecido pelos colaboradores, pois leva o equilíbrio entre trabalho e vida pessoal em consideração. Quando o perfil de trabalho está sempre no dispositivo, os funcionários tendem a nunca se desconectar dos atividades.

Outras melhorias significativas.

Além de dividir os aplicativos de trabalho em seções separadas, os funcionários agora podem alternar facilmente entre as contas pessoais e de trabalho de cada aplicativo, facilitando a alternância entre vida profissional e vida pessoal.
Os aplicativos de trabalho agora serão denotados por uma pasta azul em vez de uma vermelha, em sintonia com os atuais padrões de design do Android.

Quer saber mais sobre soluções que ajudam a administrar os dispositivos que orbitam a sua rede?

Fale com um especialista Centric.


Escreva um comentário

* Seu comentário aparecerá após a aprovação do moderador.

Fale com a Centric

Nosso canal com os profissionais de TI

Centric Academy