É hora de atualizar a tecnologia: veja se sua empresa está parada no tempo

É hora de atualizar a tecnologia: veja se sua empresa está parada no tempo

Publicado em 14 de abril de 2021

Sinônimo de eficiência, o investimento em soluções de TI deixou de ser diferencial e passou a ser uma necessidade estratégica. Hoje, não basta ter softwares e hardwares no dia a dia corporativo. É preciso contar com as melhores e mais modernas ferramentas disponíveis. Em suma: é preciso atualizar a tecnologia constantemente.

Não faltam exemplos de corporações que lideravam seus segmentos e sucumbiram por não evoluírem. Há 25 anos, por exemplo, falar que uma empresa estava seguindo os passos da Kodak era sinônimo de avanço e crescimento. Hoje, essa comparação representa apenas estagnação e perigo.

A gigante da fotografia chegou a ter 80% do seu mercado. Não bastasse isso, criou a tecnologia da câmera digital, mas, em vez de seguir em frente e inovar no mercado, resolveu engavetar o projeto. Alguns anos depois, quando concorrentes passaram a desenvolver essas máquinas, percebeu que era tarde demais.

A queda da Kodak serve como lição a todos os empreendedores, independentemente do porte e da área de atuação: é preciso crescer de forma contínua e atualizar a tecnologia de acordo com o perfil e os objetivos da organização. Caso contrário, o destino pode ser o mesmo.

Entretanto, saber se a empresa está parada no tempo não é tão simples assim. O setor de TI cresce em grande velocidade e, todos os dias, mais e mais soluções são disponibilizadas no mercado. É preciso ter atenção e, claro, planejamento para identificar o que é tendência e o que é desafio.

Atualizar a tecnologia significa valorizar o investimento

Não importam o cenário macroeconômico e os desafios externos como a pandemia de covid-19: gasta-se uma quantia cada vez mais elevada em aquisição e desenvolvimento de soluções tecnológicas. Está mais do que na hora, portanto, de valorizar esse investimento e aferir o retorno (ROI) que elas dão às corporações. 

Uma pesquisa conduzida pela consultoria IDC Brasil no mercado nacional mostra que, mesmo com o avanço do novo coronavírus, quase metade das empresas (42%) pretende aumentar o orçamento para atualizar a tecnologia. Outros 22% devem permanecer com o valor planejado. Ou seja, duas a cada três organizações não pensam em reduzir o investimento.

A questão é que cada centavo investido precisa ser bem justificado e, principalmente, notado no dia a dia corporativo. Em outras palavras: é necessário que a diretoria e os demais colaboradores enxerguem o valor que cada sistema se propõe a oferecer.

Sinais de que a empresa está parada no tempo

Agora que você já sabe a importância de investir em soluções de TI, é preciso identificar em quais áreas ou departamentos deve promover essa atualização de recursos. Confira cinco sinais de que a empresa está parada no tempo e precisa se mexer:

1 – Pouca inovação tecnológica

O que o mundo dos negócios mostra é que mesmo as empresas de maior sucesso precisam buscar soluções melhores e inovadoras a todo instante. Isso reforça aos consumidores uma preocupação em se atualizar e oferecer os melhores produtos e/ou serviços. Além, é claro, de sair na frente dos concorrentes.

2 – Dados em papel secundário na estratégia

Não são poucos os que ainda confiam unicamente em suas experiências de vida e “achismos”, ignorando as informações passadas a partir do cruzamento de dados e relatórios. Não se engane: ter a melhor informação sobre o público, o mercado e os processos internos é a melhor alternativa para atualizar a tecnologia e continuar crescendo.

3 – Gestão de TI inadequada

É preciso automatizar processos e transformá-los em informações úteis para a tomada de decisão. Mas como gerenciar os equipamentos num cenário em que o número de tecnologias não para de aumentar? É necessário fazer uma gestão adequada, capaz de atender a todas as demandas dos colaboradores e sempre com equipamentos que irão otimizar em vez de atrapalhar a produtividade de todos.

4 – Soluções não integradas 

Não adianta ter as ferramentas mais inovadoras se elas só conseguem resolver parte do problema e não são utilizadas em sua plenitude. Aqui, a opção é escolher bem o fornecedor de tecnologia, optando por empresas que atuam como consultoria e oferecem os melhores produtos de acordo com o objetivo do negócio.

5 – Compliance ineficiente

Não basta as empresas terem a melhor tecnologia disponível; é preciso utilizá-la de forma correta de acordo com a legislação nacional e as normas internacionais. Em suma: é preciso ter uma política de compliance clara e eficiente, capaz de garantir que todos os processos estejam dentro da lei e das boas práticas valorizadas pelos usuários.

Conte com ajuda especializada

Atualizar a tecnologia pode até parecer uma tarefa fácil, mas não se engane: há muitas nuances que precisam ser levadas em consideração pelos gestores de TI. Portanto, mais do que tentar fazer um projeto dessa magnitude sozinho, o ideal é contar com parceiros que possam atuar como fornecedores e consultores.

A Centric Solution, por exemplo, tem mais de uma década de experiência em gestão da informação e soluções em TI, trabalhando com as principais empresas do mercado e oferecendo uma equipe especializada para fazer o diagnóstico adequado ao seu negócio.

A empresa em que você trabalha está na vanguarda da inovação ou apresenta alguns dos sinais de estagnação que listamos aqui? Conte sua experiência para a gente e aproveite para conhecer a nossa lista de produtos e serviços!


Escreva um comentário

* Seu comentário aparecerá após a aprovação do moderador.

Fale com a Centric

Nosso canal com os profissionais de TI

Centric Academy